terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Nova entrevista de Kristen para o AM New York

Passe qualquer tempo conversando com Kristen Stewart e você rapidamente percebe que ela não está interessada em qualquer armadilha de fama dos tabloides que foram colocadas sobre ela devido a “Saga Crepúsculo”.

Mas quando se trata do seu trabalho a atriz de 24 anos tem muito a dizer.

“Escolher as pessoas que você sabe que fará um bom trabalho junto a elas” Stewart diz seu critério em assinar para um filme. “E escolher projetos que você se sinta protetivo com eles. É muito estranho. É como se essas pessoas se tornassem reais para você. Assim que eu olho para um personagem e digo ‘Se eu não proteger essa pessoa, você irá morrer,’ é tipo, você é uma louca. Você devia provavelmente fazer esse filme.”
Nas telas, Stewart passou o último ano envolvida em filmes independentes desafiadores. Primeiro, teve “Camp X-Ray”, no qual ela interpretou um guarda de Guantánamo Bay que questiona seu proposito lá dentro.

Logo, ela será vista ao lado de Juliette Binoche em “Acima das Nuvens”, do aclamado cineasta francês, Olivier Assayas.
E começando na sexta, Stewart tem algumas cenas de quebrar o coração com a ganhadora doGolden Globe, Julienne Moore, em “Para Sempre Alice”, interpretando a filha de Moore, professora de faculdade com início precoce de Alzheimer.

“Julianne é um pouco familiar”, Stewart diz sobre sua companheira. “Eu sou muito encorajada pela forma como ela trabalha, eu já trabalhei com atrizes que são fantásticas e me impressionam e me confundem e me fazem sentir ‘Ai meu Deus, eu não sei se eu posso fazer isso.’ Nós acabamos por compartilhar o amor pelo processo, em todos os aspectos técnicos e emocionais disso. Eu nunca vi ninguém ser capaz de manipular os dois tão magistralmente.”

Stewart, considerada por muitos críticos para ser uma das melhores atrizes de sua geração, já trabalhou com muitos colegas excepcionais, incluindo Binoche, Jodie Foster e o falecido James Gandolfini.

Ela diz que aprendeu algo que ela possa aplicar ao longo da estrada em seu trabalho com todos eles, apesar de que algumas vezes é difícil apontar exatamente o que foi.

Sua experiência ao lado da “magistral” Moore parece ter especialmente ressonado.

Apenas porque você está tecnicamente consciente [no set], não significa que você está fingindo isso”, Stewart diz. “Eu sabia disso, eu senti isso e eu sempre estive confiante sobre como eu faço as coisas e porque eu faço as coisas mas foi muito bom ver isso em outra pessoa.”
Fonte | TraduçãoIrmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.