quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Nova entrevista de Kristen para ELLE Magazine

Em algum lugar ao longo do seu caminho subindo para o estrelato, Kristen Stewart adquiriu certa reputação na blogosfera por ser distante, mal-humorada, e alérgica a sorrisos. Nada disso é realmente verdade, mas ouça: Se você gosta da K-Stew com uma pitada de auto-domínio mal-humorado, você vai querer ver Still Alice. A emocional bomba atômica de um filme estrelado por Julianne Moore como uma professora tomada pelo início precoce de Alzheimer, e Stewart como seu filha do meio, uma mal-humorada atriz esforçada ladeada por dois irmãos com carreiras. (Kate Bosworth interpreta a mais velha, uma advogada, e Hunter Parrish é o mais novo, um estudante de medicina.) No filme—que conseguiu um Globo de Ouro pela excelente interpretação de Moore—Stewart é por vezes altruísta e malcriada, ferozmente teimosa e docemente insegura. Até o final do filme, você vai ter a amado, odiado, chorado com ela… e provavelmente obcecado sobre seu perfeito cabelo bagunçado.

Mas se você gostaria de conhecer a verdadeira Stewart—ou, pelo menos, um pedaço pequeno, mas sincero dela—então leia. Sentamos com a mega-estrela de Crepúsculo no Crosby Street Hotel, em Manhattan para falar sobre Oscars, mentirosos, e como não posar para fotos.

Still Alice é tão bom e tão assustador. Ver a doença de Alzheimer no filme é angustiante.

Kristen: Obrigada. É um filme tão importante—as pessoas precisam falar sobre esta questão—mas também me deixa paranóica pra caramba. Sempre que eu não consigo pensar em uma palavra, eu fico nervosa de que é um sintoma. Na semana passada, o meu pai não conseguia pensar em uma palavra. Isso é aterrorizante pra caralho.

Eu tive uma confusão com “dub step” e “Diplo” hoje…
Kristen: Isso não é assustador. Isso é apenas histérico.

Você falou no passado sobre o desejo de trabalhar com Julianne Moore. Você disse “sim” a este filme imediatamente?

Kristen: Teria uma chance muito pequena de que eu dissesse ‘não’ a um filme que Julianne já estivesse. Ao mesmo tempo, sempre há uma chance de que você lê algo fantástico e absolutamente vale a pena em todos os sentidos, mas isso não significa que está em você para interpretar [o papel]. E então eu estava incrivelmente aliviada quando li o roteiro. Eu estava tipo, “Eu posso interpretar a sua filha!” É sempre bom não ter que forçar as coisas.

Qual é a melhor parte de trabalhar com ela?

Kristen: Trabalhar com Julianne Moore é uma razão pela qual eu amo fazer filmes… As pessoas vêem um filme como este e dizem: “Oh, Kristen está tão boa neste filme!” e eu fico tipo, “Sim, eu fui boa porque eu estava atuando com aguém bom! Alguém que eu não podia mentir!” E isso é apenas a verdade.

Assim, grandes atores inspiram grandes atuações e maus atores fazem com que todos ao seu redor fiquem ruins?

Kristen: Bem, a razão de um público estar sentindo alguma coisa é porque nós, os atores, estamos sentindo alguma coisa também. Tem que haver alguma relação honesta entre você e o personagem, ou isso não funciona. Quero dizer, ninguém é um mentiroso tão bom! Bem… eu acho que existem alguns atores que são grandes mentirosos…

Eu aposto que existem.

Kristen: Não importa, nós não precisamos entrar nisso!

Neste filme, você e Kate Bosworth—que interpreta sua irmã mais velha—tem uma briga bastante desagradável. E é tão engraçado, mas é tão ruim!

Kristen: Você sabe, essa cena foi na maior parte improvisada. Nós fizemos essa coisa toda. Alec [Baldwin, que interpreta o nosso pai] decidiu quando ele iria nos interromper. E teve um par de tomadas que ele apenas aparecia, e estava tipo, ‘Ok meninas, deixe isso pra lá!’ E não podíamos parar até que ele entrasse em cena, e nós estávamos realmente brigando.



Qual foi o melhor insulto você jogou para ela?

Kristen: Eu amei chamá-la de idiota. Se você chamar uma garota de idiota, é realmente sério.

Por quê?

Kristen: Porque nós somos todas vadias, certo? Todas as garotas. ‘Oh, ela é uma vadia, você é uma vadia, eu estou sendo uma vadia’, nós somos todos vadias, e daí? Mas se outra mulher olha para você e diz: ‘Você sabe o quê? Você é uma verdadeira idiota!’ Isso é poderoso, e isso realmente dói. Eu acho que é ainda pior do que ‘cale a porra da sua boca’, porque não se trata apenas de algo que você disse, é sobre você. Tudo em você.

No filme, seu personagem se recusa a ir para a faculdade. Você não passou por qualquer uma, certo?

Kristen: O engraçado é que eu queria ir para a faculdade! Eu, na verdade, só não fui porque eu me distraí e fui pega por outras coisas. Se você tivesse dito ao meu eu mais jovem, ‘Oh, Kristen, você vai perder o barco; você nunca vai para a faculdade,’ eu teria ficado tipo, ‘Oh, Kristen, organize sua vida!

E o que o seu eu de agora diria ao seu eu mais jovem?

Kristen: Eu diria: ’Ouça, você é boa. Você está totalmente estimulada e rodeada por experiências incríveis que lhe permitem crescer e aprender. Você vai ter tudo o que você poderia ter na faculdade’—[risos] e eu estou dizendo isso como alguém que não teve uma experiência na escola. Então, quem diabos sabe? Eu provavelmente adoraria a faculdade. Mas estou feliz agora. E eu tenho sorte, porque meus pais nunca disseram: ‘Você tem que ir para a escola ou algo assim.’ Eles realmente me apoiaram.

Espere, quantos anos você tem?

Kristen: Eu tenho 24 anos.

É engraçado. Quando eu tinha 24, eu pensei que eu ia ter tudo resolvido…

Kristen: Isso não é ridículo?! Eu me identifico com esse sentimento! Quando era adolescente, você acha que [com mais de 20 anos] estará ótimo, mas é tipo, você começa progressivamente a ser menos impressionante, porque você não é mais jovem, precoce, e especial!

Uh, você ainda é muito jovem. E muito especial. Não foi a Forbes que disse que você era a atriz mais bem paga de Hollywood?

Kristen: Essas listas são simplesmente besteira, para ser honesta com você. Eu posso lhe dizer, honestamente, que a informação não é verdadeira. Ela é inventada. Eu iria saber!

Será que seus amigos te chamam de K-Stew, ou apenas os tablóides?

Kristen: Meus amigos realmente fazem isso! O tempo todo.

Era o seu apelido antes de ser famosa, ou eles apenas adotaram isso?

Kristen: Eu nem me lembro. Eu também sou “K.S.”, mas K-Stew, com certeza, as pessoas que eu conheço me chamam assim. Eles estão zombando de mim um pouco, mas eu não me importo. Eu acho que é hilário.

Eu acho que é divertido que você esteve em um anúncio da Gap.

Kristen: Oh meu Deus, isso foi há muito tempo atrás! Esse foi a primeira coisa [de moda] que já fiz! Eu tinha tipo 15 anos.

E agora você é uma garota Chanel… mas você parece realmente odiar sorrir nas fotos. Por quê?

Kristen: Eu não odeio sorrir! De forma alguma. Eu só… isso não parece natural para mim. Isso nunca parece certo no momento. E eu não quero ser falsa.

Isso é justo. Qual é a sua música favorita no momento?

Kristen: Deixe-me pensar… Você sabe quando a sua música fica velha? Minha música é tão velha agora. E quando isso acontece, eu volto para trás. Eu amo o Blink 182. Eu amo, amo, amo eles. E essa frase “mais uma vez com o sentimento” é muito apropriada para mim, também. Eu sou sempre assim: “Okay, mais uma vez, mais uma vez, mais uma vez!” Eu vou fazer isso pelo resto da minha vida.

Você simplesmente não quer apenas se mudar para uma fazenda em Montana ou algo assim? Desaparecer totalmente?

Kristen: Eu não terminei com isso. Isso não vai acontecer. Eu vou fazer isso pela porra de um longo tempo.

Via | TraduçãoIrmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.