sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Atualizado: Entrevista de Rob com Flare Magazine

Após Crepúsculo, Robert Pattinson, escolheu os projetos mais arriscados, incluindo Cosmópolis de David Cronenberg, no qual ele interpretou um bilionário melancólico pela cidade em sua limusine. Agora Pattinson salta para o banco do motorista para o mais recente filme do diretor, Maps to the stars, que segue as conexões e colisões entre o condutor/aspirante a roteirista Pattinson, uma louca atriz (Julianne Moore), uma agente de publicidade com cicatrizes (Mia Wasikowska) e um psicoterapeuta de celebridades (John Cusack). Durante o Festival de Cinema Internacional de Toronto, nós nos sentamos com Pattinson para descrever as alegrias de trabalhar com Cronenberg novamente - e que o vem a seguir.

O que te deixava intrigado no script?
"Eu não poderia imaginar que David, uma pessoa genial e tranquila, poderia escrever aquelas coisas horríveis, porque a edição do script era muito diferente do original - há um tipo de distanciamento que torna golpeadora. Quando alguém diz algo racista, que é simplesmente colocado de maneira tão fria que não se sabe se as pessoas vão rir ou vai ser como, "Ugh, isso é nojento!"

Houve coisas que te assustaram?
A minha parte foi bastante estranha à primeira vista, porque era uma página em branco. David estava tipo, "Basta ver o que acontece!" e eu estava tipo, "Ok, obrigado..." e eu não tinha ideia do que estava fazendo. É uma das coisas que eu amo sobre como trabalhar com ele - ele é muito claro em dizer que eles não sabem o que especificamente o filme é até que aconteça. Em Cosmópolis senti que o filme estava tomando forma depois de uma semana. No início, queríamos fazer 20 tomadas para qualquer coisa, e depois da segunda semana que estávamos fazendo uma ou duas, e você podia realmente sentir a mudança.

Como foi trabalhar com Julianne?
Quando a conheci, eu não sabia que ela estava em seu personagem. Eu estava tipo, "Uau, este é realmente um bom casting." Ela apenas parecia uma atriz, e eu não estava esperando isso. E mais tarde naquela noite eu estava tipo, "Oh! Ohhh! Você está atuando!" Eu acho que nunca ri tanto em uma cena como quando Julianne estava me seduzindo na limusine.

E quanto a Mia?
Conheço Mia tem um tempo. Eu não percebi o quão divertida pode ser. Ela sempre está interpretando personagens tão filosóficos, uma espécie de sensibilidade. Este é um papel estranho, mas ela é hilária nele. Nenhuma outra atriz poderia interpretar isso.

 
Qual é o seu próximo projeto mais emocionante, incluindo os papéis nos filmes de Werner Herzog, Olivier Assayas e Anton Corbijn?
Eles são todos muito difícil. Eu não tenho nenhuma ideia de como fazer. E pensar que eu vou voltar para o Canadá em um mês ou algo para o filme de Assayas, e esse é um filme de gangster com Robert De Niro? Eu sou como, OK, mesmo que caia nisto da atuação, você não está fingindo mais.

Scans Korita05 || Via || Via ||  Irmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Um comentário:

  1. Pelo visto Robe estava empolgado para trabalhar com De Niro ... espero q isso ainda aconteça

    ResponderExcluir

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.