sábado, 1 de novembro de 2014

Entrevista de Rob com The Free Press - Promo de #MTTS no #TIFF


TORONTO - Para Robert Pattinson, trabalhar com um diretor como David Cronenberg é uma partida enfática do mundo Twilight.


Novamente, o papel do ator Inglês em Maps to the stars não representa uma certa redundância. Ele é novamente colocado em uma limusine, onde passou quase a totalidade de Cosmópolis, de Cronenberg, como um financista bilionário em uma lento caminho para a ruína. Desta vez, Pattinson está no assento do motorista como um aspirante a ator-roteirista de Hollywood, que em um ponto está contemplando a adesão à Igreja da Cientologia "como um passo na carreira."

The Free Press falou com Pattinson sobre o 2º Round com Cronenberg:

FP: Então, mais uma vez sexo na limusine?

RP: Sim, é estranho. Aparentemente, Cosmopolis foi apenas o teste para este. Eu estou pensando é isso que eu vou usar como minha cabeça: me inclinando para fora da janela da limusine.


FP: David Cronenberg gosta de usar certos atores, como Viggo Mortensen e Jeremy Irons, mais de uma vez. Você tem que ter uma certa afinidade para ser um membro desse clube?


RP: Eu acho que foi apenas sorte no começo. Eu realmente aprendo com ele. Ele é uma pessoa muito legal, e é divertido estar ao seu redor. Eu acho que ele gosta de usar o mesmo elenco por anos e anos, de modo que é o meu cheque de bem-estar.
FP: Deve ser gratificante que ele vê você interpretando papéis tão diferentes, como um solitário e um pouco desequilibrado bilionário em Cosmópolis, e como um aspirante tentando alcançar Hollywood em Maps to the stars.

RP: Personagens muito diferentes, sim, mas ambos em limousine e em ternos pretos. Isso tem todo um roteiro. Estou pensando no próximo, eu vou ser atropelado por uma limousine.

FP: Você vive em Los Angeles, assim você reconhece a realidade deste filme?

RP: Definitivamente. Alguns dos personagens parecem ser arquétipos, mas eu conheci um monte deles. Lembro-me de algumas cenas, como as cenas com todos os jovens atores quando eles estão todos reclamando sobre o outro. Isso realmente me fez lembrar de quando eu comecei a vir para Los Angeles, antes de telefones com câmera, quando você ia para boates e haveria jovens de 15 anos realmente famosas e você podia vê-los bebendo abertamente e foi tão estranho. Era como um conjunto diferente de regras. Mas agora não é mais o mesmo, porque os jovens em bares são descobertos imediatamente. Mas lembro que quando cheguei da Inglaterra, não entendi, porque eu não podia entrar nos da Inglaterra, quando eu tinha 20 anos e aqui, havia jovens que bebiam!

FP: Você está mais confortável em trabalhar em conjunto ao invés de carregar um filme como em Cosmópolis?

RP: Em algo como isto, há, obviamente, muito menos pressão, então eu gosto muito. Quando você não tem que dirigir o filme para a frente, não é tão difícil tomar uma decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.