segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Entrevista de Rob para Mídia da Nicaragua ( press junket de The Rover em LA)


"Se a fama só tivesse um lado bom seria incrível", diz Pattinson.

Robert Pattinson vai tentar seguir imortalizando a fama este ano com sua atuação em três filmes, por sua vez fala sobre o que foi saborear o mundo do cinema.

Pattinson lançou seus dois primeiros filmes do ano no Festival de Cannes, The Rover, uma produção australiana, sem muitas estrelas internacionais. Em Maps To The Stars está com Julianne Moore e também compartilha a tela com Nicole Kidman  no filme Queen of the Desert.

  Você acha que as pessoas sabem  quem realmente é  Robert Pattison  apenas só assistindo seus filmes?

Rob: Eu não sei, mas acho que a minha personalidade tem pouco a ver com o que as pessoas pensam. Para superar a minha imagem que está tão saturada em muitos lados, a melhor maneira é fazer uma entrevista onde ela pode contradizer completamente tudo o que eles dizem sobre mim e agir como uma pessoa completamente diferente (risos).

  Entre tais fama, você já foi confundido com outro ator?

Rob: Uma vez eu estava na convenção Comic Con e a jornalista pensou que eu tinha trabalhado no filme Branca de Neve. Foi hilário. Havia outros cinco jornalistas e perguntaram qual era a sensação de ser um cavaleiro branco. Eu disse que ela estava errada e a corrigi, porém, ela ainda se recusava a aceitar que eu tinha feito um outro filme que não era a Branca de Neve ... só porque a protagonista era Kristen Stewart (risos).

Se você pudesse ser outra estrela de Hollywood, de sua idade ... quem você escolheria?

Rob: James Franco, por exemplo. Ele é incrível, tudo o que ele conseguiu com sua imagem pública. As pessoas pensam que ele faz. Você o vê a partir de uma perspectiva totalmente diferente. E eu acho que é porque todos os atores têm de lidar com esse tipo de mistura entre a percepção do público e seus personagens, porque as pessoas vêem através dos olhos de nossa vida e do cinema.

  Você sente falta de seu personagem Edward e o grande sucesso de Crepúsculo?

Rob: Eu não sei ... Era muito estranho para parar e dizer. Mas eu não sei o que mais pode acontecer com ele, além de simplesmente fazer o mesmo. Na verdade, o último filme foi muito difícil e muito longo. Eram duas horas e meia de maquiagem todos os dias, ao longo de oito meses. E isso é algo que você nunca quer fazer.

  Qual é o pior lado da fama?

Rob: Para mim, eu teria adorado tudo isso caso tivesse sido há 14 anos atrás, quando não havia telefones com câmera, teria sido ótimo. Literalmente, na minha imaginação, ser bem sucedido é o que teria sido em Los Angeles antes. Teria sido uma loucura. Se a fama só tivesse um lado bom seria incrível.

Você gostaria de sair sem ser reconhecido em tudo?

Rob:Sim. Agora, eu sou a pessoa mais conservadora do mundo, porque eu não posso fazer muito. Se você notar, eu realmente não posso fazer nada, eu não posso confiar em ninguém, porque tudo passa a fazer parte da minha carreira.

  Não encontrou ainda alguma chave secreta para que você não seja reconhecido?

Rob: Nada realmente funciona.

Você tentou pelo menos?

Rob: Eu usei as coisas típicas e estúpidas, como o uso de óculos e chapéu no meio da noite.

E o que é que funciona?

Rob: escolher os lugares onde as pessoas não imaginam que podem me encontrar, de uma forma que funciona. Mas eu estava no meio de uma reserva indígena no Novo México, uma cidade no meio do nada, com apenas 300 habitantes ... e saí do carro, não devia ter cinco segundos, e alguém veio até mim gritando "Rob Pattinson!" .

Como você faz quando você tem que ir a uma loja como uma pessoa normal?

Rob: Eu estou indo para lugares estranhos, muito distantes, onde eles vendem por atacado e tem que comprar uma caixa gigante de tudo o que quiser (risos).

Um lugar que  você não gostou tanto?

Rob: Na Alemanha, em geral Paparazzi são muito chatos. Quando alguém quer ganhar dinheiro com isso, irrita bastante. E também 90% das pessoas que vêm a mim, é embaraçoso; porque eles vêm dizendo, "Oh, meu filho de três anos, meu primo é um grande fã" nunca são eles (risos) 

  Mas pelo menos você gosta da atenção feminina que você conquistou com a fama?

Rob: Sim, mas ainda assim ... Eu cresci em uma casa cheia de mulheres, incluindo o meu pai (risos). Não, não,  foi horrível o que eu disse. Em vez disso, eu deveria "sair do armário", porque todas as mulheres da minha família têm uma personalidade muito forte e quando você é a minoria, é inevitável (risos).

Veja as páginas impressas: 14, 15


FonteVia-Tradução Irmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.