terça-feira, 26 de agosto de 2014

Scan + Transcrição: Rob e The Rover destaque no Jornal West End Extra, Londres

4/5 estrelas
O tiro deste intenso, escuro e completamente assistível suspense de abertura nos diz que o filme que estamos prestes a assistir ocorre "10 anos depois do colapso". O que exatamente entrou em colapso não é explicado, mas é óbvio que a civilização que conhecemos não existe mais. Não é um holocausto nuclear, ou um desastre ambiental, como foi tão habilmente retratado na versão cinematográfica de Cormac McCarthy The Road: em vez disso, parece estar relacionada com a queda das civilizações ocidentais apoiados por financiamento internacional. O que resta é um lugar desgrenhado, onde a busca por balas, combustível, água e comida é o único jogo na cidade.

Nós encontramos o solitário desalinhado Eric (Guy Pearce), quando ele para em uma lanchonete de beira de estrada, povoada por funcionários tocando música alta  pop cambojana. Como ele fica cuidando de um anel , ele percebe seu carro está sendo roubado por três homens, um dos quais está gravemente ferido. Ele dá início à perseguição no veículo abandonado, e o que rola é uma história de como Eric quer o carro de volta, e não vai parar por nada para garantir que isso aconteça.
The Rover parece brilhante. A ação se passa no deserto australiano. É tão icônica e bela como velho oeste de Ansel Adam. Eric, coberto de sujeira e suor, tem um sentido intensamente perdido em seus olhos, e Pearce consegue dizer muito sem abrir a boca. É intrigante.

Seu companheiro - o irmão de uma das gangues, que ele pega a caminho, é interpretado por Robert Pattinson, que fez seu nome interpretando um vampiro bonitão. O galã R-Pattz transforma-se em tal desempenho que você vai esquecer que você está assistindo aquele ator que fez a franquia Crepúsculo. Ele está tropeçando, ensanguentado, aninhado e brilhante.

Talvez, o melhor de tudo não é dito: não há necessidade de expandir sobre como o capitalismo ocidental entrou em colapso, deixando para trás um mundo onde cão come cão ,de vagabundos e desajustados, os sobreviventes que moram numa mantra violenta. Eles são gente que apodrecem por dia, tropeçando de um posto abandonado para outro, à procura de bens enlatados, balas e gasolina. Nem precisamos de muito fundo nas pistas: o que a gangue de Eric está perseguindo é até melhor deixar para a imaginação, como por que ele quer que seu carro tão ruim de volta quando eles abandonaram um perfeito e bom 4X4.

Acima de tudo, este filme violento, atmosférico e emocionante é um contemporâneo ocidental, um bom filme com uma pitada de Mad Max sobre isso. Uma escolha interessante para Pattinson, o veículo perfeito para Pearce.

Fonte | TraduçãoIrmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.