quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Host Geek: The Rover é um drama que surpreende mesmo com pouco sendo mostrado

rover
Cheguei ao cinema preparada para me surpreender com o que iria assistir. Confesso que sabia o superficial sobre A Caçada (The Rover), mas alguns detalhes, assim como o trailer do longa, já haviam me chamado a atenção. Me deparei com mais três pessoas que também iriam assistir à sessão especial e eles estavam muito ansiosos. E começaram a explicar que o diretor, David Michôd, por si só já trazia
grandes expectativas positivas para o filme. Bem... ele acertaram.
A história começa confusa, mas à medida que as cenas acontecem, ela começa a tomar forma e a fazer sentido. Eric (Guy Pearce) é um cara que visivelmente parece ter passado pelas piores coisas do mundo. Ele para em um bar, para uma bebida, enquanto ali perto, três bandidos estão numa fuga em alta velocidade. Na confusão, a caminhonete em que eles estavam fica presa e eles acabam roubando o único bem material que o Eric possui: seu carro. Claro que Eric não deixa isso barato. Ele vai atrás da gangue numa caçada possessiva pelo seu carro. No meio do caminho ele acaba encontrando o irmão de um dos bandidos, Rey (Robert Pattinson), que foi deixado para trás, quase morto. Ele é visivelmente perturbado e ingênuo, e acaba seguindo viagem junto com Eric atrás da gangue.
O que mais me surpreendeu foi à forma em que as cenas foram harmonizadas. Há minutos inteiros de silêncio e foco nas expressões dos personagens, que são quebrados quase de surpresa com as cenas de violência explícita e ação. A mistura cria uma certa tensão e expectativa… é difícil ficar entediado. E esse é o tipo de filme que você não pode se distrair nem por um segundo.
E falando nos personagens, o Guy Pearce é de longe o cara que merece todos os méritos pelo filme no quesito atuação. Ele conseguiu passar bem a imagem dura e impiedosa que o Eric possui. O Guy também já havia atuado em outro longa do David Michôd, Reino Animal (2010), que chamou muito atenção por receber várias indicações em prêmios importantes, como Oscar.
Robert Pattinson também não decepcionou. Aliás, arrisco a dizer que essa foi uma das melhores atuações do ex-vampiro. A dinâmica entre ele e Guy Pearce funcionou de tal modo que consegui apenas enxergar o Rey e o Eric na tela.
Tudo isso, misturado com uma trilha ideal, me fez concordar com toda aquela expectativa sentida antes da sessão começar. A Caçada é um drama que surpreende mesmo com pouco sendo mostrado.
ViaIrmandade Robsten Legacy 

Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.