quinta-feira, 26 de junho de 2014

David Michôd fala sobre Robert em uma nova entrevista

rover2.jpg

Por outro lado, há o personagem de Pattinson, que eu acho que é extraordinário neste filme. Você pode falar sobre o que ele trouxe para o papel? Como você trabalhou com ele em atenuar o seu desempenho, certificando-se de não ficar muito grande? 

De certa forma, a resposta para ambas as perguntas é que Robert veio até mim e passou os testes e foi apenas extraordinário. 
Eu, como todo mundo, não sabia o que ele era capaz. Certamente seu trabalho anterior não lhe deu uma indicação clara. 
Eu o conheci mesmo antes de saber que eu iria fazer The Rover, e havia algo sobre ele que eu realmente gostei. Ele é, obviamente, inteligente e maravilhosamente emocionalmente disponível. 
Quando [Pattinson] veio fazer um teste para mim, ele entrou com uma leitura do personagem que parecia desde o início para evitar todas essas possíveis momentos de caricatura que esse personagem poderia facilmente escorregar.


Como Pattinson ficou ligado no projeto? 
Eu tive uma reunião com ele talvez um ano antes de eu fazer o filme e tornou-se imediatamente claro para mim nessa reunião que ele não só amou Animal Kingdom, mas já tinha visto todos os shorts que eu fiz com os meus amigos. Ele tinha mais do que isso, um interesse sofisticado verdadeiramente eclético no cinema. Ele estava activamente à procura de coisas interessantes para fazer e activamente à procura de cineastas interessantes.


Será que o fato de alguns de seus trabalhos com Cronenberg, quando começaram a trabalhar juntos? 

Sim, eu tinha visto Cosmopolis. Até tive uma conversa telefónica com Cronenberg para ver o que era trabalhar com Rob no geral. [Com] Cosmopolis, esse é outro personagem que é bastante melancólico e de uma forma não é como as coisas que ele fez em Twilight. Isso não me deu uma clara indicação de que ele poderia fazer a mudança de 180 graus que eu ia pedir-lhe para fazer em The Rover. 


Eu sempre precisava ver um teste. Ele estava disposto a fazê-lo, porque eu sabia que ele queria interpretar o personagem e que ele precisava trabalhar duro para isso.



Eu amo toda essa noção de que você como diretor na Austrália apenas chamar Cronenberg e pedir-lhe conselhos. Isso é uma coisa comum? Eu imagino um aperto de mão secreto entre diretores, onde você troca os números privados. 


Acho que o mundo de cineastas e geralmente esses telefonemas são razoavelmente fáceis de fazer, porque eles são muito importantes. Eu não queria perguntar a David se Rob era um bom ator. Eu senti que eu tinha visto isso em teste e longas audições que ele tinha feito para mim. Eu queria saber era como ele era como um ser humano no conjunto, porque essas coisas podem ser importantes. David partilhou a sua experiência, que acabou por ser muito semelhante com a minha, ele era requintado e trabalhador.

Via / Tradução: Irmandade Robsten Legacy 

Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.